Anotações oníricas [Viagens ao dormir]

Poesia que dorme

Posted on: segunda-feira, 1 novembro, 2010

Uma voz sussurrou no meu ouvido:

– Quer uma poesia bem bonita?

Eu, como se estivesse acordando do sono que estava tendo na “vida real” mesmo, respondi:

– Quero.

E a voz me disse:

– Pois olhe para o lado.

E eu abri os olhos, no sonho e na vida. Lá estava ele, dormindo, lindo. Eu entendi o recado.

Um príncipe dormindo

Anúncios
Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: